Britto x Olívio: Na melhor tradição gaúcha

Por Nestor Tipa Júnior

 

Antônio Britto e Olívio Dutra, candidatos a governador do RS. Foto: Reprodução

 

O segundo turno está quente, aliás, fervendo com água de chimarrão (todo bom gaudério sabe que não se ferve a água). Britto conta com a bancada de 35 deputados estaduais para poder fazer um bom governo. Já Olívio conta com o apoio e os votos da senadora Emília Fernandes. Crítica e troca de farpas vem, debates vão, e o eleitor tem uma dura dúvida para o dia 25 de outubro: ou 13 ou 15?

Sabe-se que no Rio Grande sempre as lutas são ferrenhas. Maragatos contra chimangos, Grêmio versus Inter. Agora, Olívio e Britto vão para um terceiro round, que começou em 88 na eleição para prefeito de Porto Alegre, e em 94 teve a revanche para governador do Estado.

Melhor de três. Quem será o vencedor? O povo gaúcho espera ser o vencedor, independente do candidato que sair vitorioso nas urnas. Que essa briga de facão seja uma boa peleia.

sobre o autor

Nestor Tipa Junior
Jornalista, fundador da 359 Online. Trabalhou nos principais veículos de comunicação do Rio Grande do Sul (Rádio Gaúcha, Rádio Guaíba, Zero Hora, Correio do Povo, Jornal do Comércio, Canal Rural e Rádio Rural). Especializado no agronegócio, conquistou 17 prêmios de jornalismo na carreira. Atualmente é fundador e sócio-diretor da AgroEffective Comunicação e Agronegócio, agência de comunicação que atende entidades e empresas do setor rural.

Deixe uma resposta