Nossa música – Os Torto

 Por André Roca

 

A 359 Online está de cara nova. Novos projetos estão surgindo para que possamos agradar os mais variados públicos. Nessa nova etapa de trabalho, resolvemos explorar mais as reportagens e entrevistas. Uma das novidades é a série “Bandas” que inicia com uma que se auto-define sem estilo: são “OS TORTO” (com o erre virado).

359Quem são os componentes da banda?
Os Torto – A banda tem apenas três componentes. Gustavo Herscovickz é o baixo e faz a voz principal, Luiz Gustavo, guitarra e vocal, e Rafael Heck, na bateria.

359Qual é o estilo dos TORTO?
Os Torto – Os Torto é uma banda super extrovertida. Nós sempre dizemos que não temos estilo, propósito, ideia ou filosofia alguma. Nós estamos aí para tocar e, quem gostar, gostou; quem não gostar, não gostou. É super direto, na cara. É cru. Não é à toa que nos shows ou a galera curte ou a galera nos odeia. Acho que isso é uma presença bem particular da banda. Nós temos posição, mas nenhuma; temos imagem, mas nenhuma.

359 Qual foi o melhor show que a banda já fez, aquele que ficou marcado na história?
Os Torto – O show mais importante que nós fizemos foi há pouco tempo. Abrimos o show da banda sueca de Hard Core Millencollin, que é uma banda com uma certa importância na cena. O show foi no Bar Opinião, e estava muito cheio. Foi super importante. Mas, em matéria de show, a banda gosta mesmo é de tocar em lugar pequeno, mas cheio e, foi também a pouco tempo atrás, no Garagem Hermética, que fizemos um show que marcou muito. Foi algo inexplicável, uma interação total com a galera e, na nossa opinião, isso é um bom show.

359 – Há quanto tempo existe a banda?
Os Torto – O grupo surgiu em meados de 1994, e tinha na formação o Marcelo Candemil como vocalista. Nós estamos na batalha há quatro anos e com uma trajetória bem interessante na bagagem, como, por exemplo, a participação no Circuit Rock e mais alguns festivais. OS TORTO é uma banda que vem sempre crescendo.

359A banda manteve sempre o mesmo estilo durante esses quatro anos?
Os Torto – A essa pergunta nós geralmente respondemos sempre o seguinte: qual é o estilo dos TORTO. OS TORTO não tem estilo nenhum, ou seja, o estilo dos TORTO é não ter nenhum estilo. Pode-se dizer o seguinte: nós seguimos vários caminhos, mas não chegamos a nenhum.

359Vocês falaram que não tem proposta nenhuma, mas uma banda sempre tem uma pretensão. Qual é a pretensão dos Torto?
Os Torto – A pretensão é, quem sabe, chegar a algum lugar. Que lugar é esse? Pode-se dizer que nós já chegamos em algum lugar, que é tocar. E o resto? Quem gostar, gostou. O importante é fazer o que se gosta e se está a fim de fazer. E ter uma particularidade. Uma banda sem uma identidade própria, sendo igual às outras, não é legal. Então, tem que ser único.

359Quem faz as letras das músicas?
Os Torto – Geralmente, eu (Luiz Gustavo) e o Guto. Tem músicas dele, minhas e dos dois.

359Como foi a participação dos Torto no CD Punkadaria?
Os Torto – Nós tínhamos um contrato de um ano que acabou, mas já estamos conversando e tem um projeto para sair logo, logo, aguardem. Aliás, a 359 Online é o primeiro veículo de comunicação em que nós estamos divulgando isso.

359Seria um CD de continuação ao Punkadaria?
Os Torto – Não, não é mais coletânea, agora é algo só nosso mesmo. Como eu (Luiz) diria, e nós. É o primeiro CD dos Torto.

Para quem curte um som Hard, mas sem comprometimento com estilo algum, Os Torto são uma boa opção. Para quem não se liga muito nesse tipo de som, mas está afim de conhecer o trabalho desta galera, é só entrar em contato pelo site dos caras.

· Entrevista concedida por Luiz Gustavo, guitarrista e vocalista da banda Os Torto, no intervalo de um ensaio no estúdio Groove (Rua Dr. Timóteo, 132). Fotos: Divulgação/359 Online

sobre o autor

André Roca
Jornalista, escritor e professor de Letras, mestre em Escrita Criativa

Deixe uma resposta